Tempo de leitura: 4 atas

Por que a página experimenta sinais que são importantes para SEO?

Você não pode confiar somente em backlinks para alcançar altos pesquisa classificações no Google. Igualmente, se não mais importantes, são os sinais de experiência da página. Você ainda deve tentar atrair backlinks de alta qualidade, mas também deve otimizar seu website para sinais de Page Experience. A inclusão de sinais de Page Experience em sua abordagem de otimização para mecanismos de busca (SEO) ajudará seu website posição no Google.

Os Sinais de Experiência de 4 páginas

Página Sinais de experiência são sinais de classificação relacionados à experiência. O Google os apresentou em 2021 com a atualização Page Experience. Há quatro sinais de Page Experience: Sinais vitais vitais da WebA segurança do Protocolo de Transferência de Hipertexto (HTTPS) e a ausência de interstícios intrusivos.

Os principais sinais vitais da Web se concentram nos tempos de carga e na interatividade. A facilidade de uso móvel se concentra na compatibilidade móvel. HTTPS foca no uso de um certificado criptográfico Secure Sockets Layer (SSL). Nenhuma intersticial intrusiva se concentra na falta de pop-ups intrusivos e de cobertura de conteúdo. Independentemente disso, todos os sinais de experiência da página estão relacionados com a experiência do visitante.

Por que a página Experiência Sinais Importantes para SEO

Como fatores de classificação, os sinais de experiência na página afetam as classificações do Google. Eles são menos influentes do que o conteúdo. De acordo com o Google, porém, os sinais de Page Experience são fatores diretos de classificação utilizados em seu algoritmo. Quando o algoritmo do Google encontra duas páginas com conteúdo semelhante, ele comparará freqüentemente seus sinais de Page Experience. A página com os melhores sinais de Page Experience será classificada mais alta do que a página concorrente.

Os sinais de experiência da página refletem a usabilidade. Ao seguí-los, os visitantes poderão acessar e usar seu site mais facilmente. Eles experimentarão tempos de carregamento mais curtos, compatibilidade entre dispositivos, maior segurança e conteúdo mais fácil de ver. E à medida que seu website se torna mais fácil de usar, mais visitantes irão falar sobre ele e compartilhá-lo.

A otimização de seu site para HTTPS é particularmente importante. HTTPS é um sinal de experiência de página que se concentra no uso de um certificado criptográfico SSL. Instalando um certificado criptográfico SSL em seu servidor permitirá aos visitantes acessar seu site usando HTTPS, que é uma conexão criptografada.

HTTPS protegerá seu site e seus visitantes de ameaças cibernéticas. O cheiro de pacotes, por exemplo, é uma preocupação para websites que não possuem um certificado criptográfico SSL. Os visitantes devem acessar esses sites através de uma conexão não criptografada. Como eles transferem pacotes através da conexão não criptografada, um hacker pode interceptá-los enquanto posteriormente rouba seus dados.

Ameaças cibernéticas, como o cheiro de pacotes, podem impedir que seu site fique no topo do ranking do Google. Se os visitantes estiverem vulneráveis a violações de dados ao usar seu website, o Google pode classificá-lo como baixo nos resultados de pesquisa ou não classificá-lo de modo algum. O Google se esforça para proteger seus usuários contra violações de dados, por isso seu algoritmo analisa o HTTPS como um sinal de experiência na página e fator de classificação.

Como analisar os sinais de experiência da página de seu site

Para analisar os sinais de experiência da página de seu site, use o Google Console de Busca. Há uma ferramenta no Console de Busca que revelará se seu site está ou não otimizado para sinais de experiência na página. Está disponível na aba "Experiência" no menu principal do Console de Busca.

Ao carregar a ferramenta Page Experience no Console de Busca, você verá a porcentagem de páginas que atendem ao benchmark do Google para uma Page Experience positiva. Search Console se refere a essas páginas como "Boa URLs.” Você verá uma figura numérica, bem como um gráfico com o tempo, ambos representando a porcentagem de páginas com uma Experiência de Página positiva.

Abaixo da tabela há um conjunto de caixas semelhantes a cartões para os sinais de experiência da página. Há uma caixa diferente para cada sinal de Page Experience. Você pode se referir a estas caixas para determinar quantas páginas passam ou falham um determinado sinal de Page Experience. Se a caixa Core Web Vitals mostrar 50 URLs com falhas, por exemplo, seu website tem 50 páginas que não estão otimizadas para Core Web Vitals. Você pode clicar na caixa para visualizar as URLs específicas que falharam no teste.

Otimizando Seu Site para Sinais de Experiência de Página: O que você deve saber

Se uma ou mais páginas não forem otimizadas para um sinal de Page Experience, você precisará consertá-las. Diferentes sinais de Page Experience requerem diferentes formas de otimização. Para os Sinais Principais da Web, você pode querer usar PageSpeed Insights em pagespeed.web.dev. Ele fornecerá uma análise automatizada dos principais sinais vitais da Web de uma página. Se a página ficar aquém de qualquer um dos principais sinais vitais do Google, o PageSpeed Insights revelará o que causou a falha.

Normalmente, você pode consertar páginas que não são móveis amigáveis, alterando seu design. O Google recomenda um design responsivo para páginas que não são amigáveis para celular. Os designs responsivos servem o mesmo código fonte para os visitantes enquanto respondem aos seus dispositivos. Se uma página não for amigável para celular, a mudança para um design responsivo provavelmente a consertará.

HTTPS é provavelmente o sinal de Page Experience mais fácil de corrigir; você só precisa instalar um certificado criptográfico SSL para que os visitantes possam acessar seu site usando HTTPS. Algumas empresas de hospedagem web oferecem estes certificados sem custo adicional. Mesmo que você tenha hospedagem compartilhada, talvez você possa usar um grátis certificado fornecido pela hospedagem.

Após instalar um certificado criptográfico SSL em seu servidor, configure redireciona para as novas URLs criptografadas de seu site. Sem redirecionamentos, os visitantes podem continuar a usar um HTTP conexão ao acessar seu website. Redirecionamentos os forçarão a usar HTTPS. Os visitantes que tentarem carregar uma página usando HTTP serão redirecionados para a versão HTTPS dessa página.

O sinal de experiência sem intrusões também é fácil de consertar. Os interstícios intrusivos consistem de pop-ups, caixas de diálogo e outros elementos visuais que cobrem o conteúdo de uma página. Eles impedem que os visitantes vejam o conteúdo da página, de modo que causam um negativo experiência.

Se você tiver alguma página com interstícios intrusivos, você precisará consertá-la. Você não precisa remover intersticiais de seu website, mas você deve implantá-los de forma não intrusiva. A implantação de interstícios acima ou abaixo do conteúdo da página os tornará não-intrusivos. Desde que um interstício não cubra o conteúdo da página, ele não será considerado intrusivo.

Os sinais de experiência da página não incluem backlinks ou outros off-page sinais de classificação. Ao contrário, todos eles são sinais de classificação relacionados à experiência que ocorrem diretamente nas páginas de seu site. Os sinais de experiência na página consistem em Vitais Principais da Web, facilidade de uso móvel, Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro (HTTPS) e nenhum interstício intrusivo. A otimização de seu website para estes sinais de Page Experience ajudará a classificá-lo no Google, assegurando ao mesmo tempo que os visitantes possam facilmente acessá-lo e usá-lo.

Este posto foi útil?

Última atualização em 2022-04-29T08:57:17+00:00 por Lukasz Zelezny